segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Logo cedo, sol.
Por todo lado, barulho
Por dentro silêncio, mais nada
Nada além de uma espera quieta
Nem emoção, nem solidão
Apenas só
Expectativa sobre minhas próprias emoções
Diante de novos dias
Diferentes dias
Dias sem você

2 comentários:

  1. Woolll! Quanta sensibilidade...o poema é seu né?? Parabénsss! =D Bjo Livinha! ... Duas semanas passam em um instante.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Theu! O poeminha é meu sim.
    Essas semanas certamente serão melhores, com amigos como você por perto :)

    ResponderExcluir