quinta-feira, 19 de agosto de 2010

"Subi correndo no primeiro bonde,
sem esperar que parasse,
sem saber para onde ia.
Meu caminho, pensei confuso,
meu caminho não cabe nos trilhos de um bonde".

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Logo cedo, sol.
Por todo lado, barulho
Por dentro silêncio, mais nada
Nada além de uma espera quieta
Nem emoção, nem solidão
Apenas só
Expectativa sobre minhas próprias emoções
Diante de novos dias
Diferentes dias
Dias sem você